Casal é executado por "justiceiros" enquanto comemorava aniversário em choperia - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

terça-feira, 27 de julho de 2021

Casal é executado por "justiceiros" enquanto comemorava aniversário em choperia

 Um casal foi morto a tiros enquanto comemorava aniversário em uma choperia, na noite desta segunda-feira (26), em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia vizinha de Ponta Porã, a cerca de 323 quilômetros da Capital. Paraguaio, natural de Capitán Bado, Luís Mateo Martínez Armoa, de 21 anos, morreu no local. O jovem, supostamente era alvo do grupo de "Justiceiros da Fronteira".Sob a cabeça da vítima, policiais encontraram um bilhete que teria sido escrito por integrantes do bando. "Favor não roubar. Ass: Justiceiros da Fronteira", diz a mensagem em espanhol.


Um perfil no Facebook, que supostamente seria de um integrante do bando, em 17 de julho, já havia ameaçado "cortar as mãos" de Luís Mateo por ele ter roubado celulares.

Mateo estava comemorando o aniversário da sua namorada, Anabel Centurion Mancuelo, que completou 22 anos, nesta segunda-feira (26).

Ela chegou a ser encaminhada para o Hospital San Lucas, na cidade, mas não resistiu aos ferimentos. Mais duas pessoas ficaram feridas, uma adolescente, de 16 anos, teve um ferimento na cintura e Rodrigo Martínez Delgado, de 21 anos, foi atingido na perna. Policiais encontraram 43 cartuchos de metralhadora 9 mm, deflagrados no estabelecimento. A choperia onde ocorreu o atentado fica próxima a Laguna Punta Porã, principal ponto turístico de Pedro Juan.