CS:GO: "Às vezes a mistura não dá certo", diz Twistzz sobre cold na FaZe O jogador norte-americano disse que o brasileiro teve problemas de sinergia com a equipe - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

quarta-feira, 14 de julho de 2021

CS:GO: "Às vezes a mistura não dá certo", diz Twistzz sobre cold na FaZe O jogador norte-americano disse que o brasileiro teve problemas de sinergia com a equipe

 A FaZe Clan de Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO) se mostrou uma das mais gratas surpresas nesta volta a LAN na Intel Extreme Masters Cologne 2021. Apesar da estreia com derrota para Astralis, o time emplacou uma sequência de três vitórias seguidas e conseguiu buscar a classificação para os playoffs do torneio. De acordo com Twistzz, o motivo para isso são as recentes mudanças na line-up da equipe, especialmente com a entrada de olofmeister no lugar do brasileiro Coldzera.

Segundo o norte-americano, o problema com coldzera não era sobre ele não ser um bom jogador ou estar mal. A questão é que o duas vezes melhor do mundo não se encaixou bem no elenco. "Acho que a maioria dos problemas que tínhamos com coldzera se resumiam a sinergia", disse Twistzz. "Ele mesmo falou recentemente que a química não rolou, e isso acontece. Às vezes a mistura não dá certo. Todos achamos que ele é um excelente jogador, mas o Olof apenas se encaixa melhor e foi muito bom ver a chama de competir reacendendo nele", completou.

Por falar em chama reacendendo, foi justamente sobre isso que Olof falou. O jogador não tinha a motivação necessária para jogar CS:GO e por isso teve um longo período sabático de diversas idas e vindas como titular e reserva na FaZe Clan. Ao que tudo indica, isso mudou...

"Foi um período difícil para mim. A última vez que havia jogado foi online e no elenco com NiKo e coldzera. A era online me trouxe problemas de motivação. É muito difícil para mim. Estou há muito tempo jogando Counter-Strike e tudo o que importava eram as LANs e o sentimento único que você tem em presenciais, e do nada tivemos que mudar para o online. Foi um baque grande. Voltar para as LANs faz com que tudo seja mais divertido e importante", contou Olof. Apesar do sueco ter admitido que não tinha vontade de disputar as competições online, motivação nunca foi um problema da FaZe como um todo. Quando Karrigan foi indagado sobre a possibilidade da saída de cold ter dado um gás extra na equipe, ele foi bem claro e, inclusive, corroborou as palavras do companheiro canadense.

"Não diria [que a saída do cold] que nos motivou. O elenco já estava motivado e trabalhava muito, talvez diria até que trabalhava demais, já que tivemos bootcamp de três semanas em que treinávamos das 10h às 2h da manhã, e isso cobra o seu preço se você não vence partidas. Não acho que o problema foi motivação, é o que o Twistzz falou, acho que o olof apenas se encaixa melhor e adiciona algo que só ele como jogador consegue, química. Coldzera é um grande jogador e consegue ser o melhor do mundo em vários momentos, mas não encaixava com a equipe em termos de função e sinergia. Um jogador pode mudar muitas coisas, e acho que isso é mais perceptível quando você vê como o jogo do rain e Twistzz mudou desde a chegada do olof. Organizamos a casa e todos estão em funções que se sentem confortáveis em fazer. Novamente, não acho que foi a motivação que mudou, apenas a maneira de nos organizarmos que trouxe mais química e um jogo mais claro para todos."

Apesar deste novo ambiente de mais sinergia e conexão entre os jogadores, a FaZe ainda precisa se provar. E será nessa sexta-feira (16), às 14h15, que o time terá a oportunidade perfeita para isso nas quartas de final da IEM Cologne 2021, quando enfrentará a atual top 1 do mundo, Gambit. Apesar do grande desafio pela frente, Twistzz acredita que a LAN chegará como um trunfo para FaZe se sobressair.

"Muitas equipes com jogadores experientes se aproveitarão da volta das LANs. Nossa equipe possui diversos veteranos e vencedores de Major, então entendemos pressão melhor do que outros times. Com certeza nos ajudará muito na volta dos presenciais."

O duelo será transmitido ao vivo, em português do Brasil, no canal de Gaules da Twitch