Streamer Raulzito é preso em Florianópolis e deixa time do SBT Games Influenciador é acusado de abuso sexual de menores - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

sábado, 31 de julho de 2021

Streamer Raulzito é preso em Florianópolis e deixa time do SBT Games Influenciador é acusado de abuso sexual de menores

O youtuber e influenciador Raulzito foi detido em Florianópolis pela Polícia Civil do Rio de Janeiro nesta terça-feira (27). Raulzito é acusado de estupro de vulnerável e ficará em prisão temporária por 30 dias durante as investigações. Segundo a Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (DCAV), os casos envolvendo Raulzito aconteceram em Niterói e São Caetano do Sul. A Polícia Civil afirma que o influenciador entrava em contato com as crianças através do Instagram e oferecia trabalhos no seu meio de atuação, prometendo em troca um contrato com a TV. Em seu perfil na rede social, Raulzito se apresenta como apresentador do SBT Games, a plataforma de games e streaming do SBT, que o retirou do quadro de streamers após o ocorrido (confira a nota no final da matéria). Raulzito também se coloca como parceiro da Twitch, embaixador da Motospeed no Brasil e criador de conteúdo da Team Singularity. De acordo com a reportagem do G1, ao menos duas vítimas prestaram depoimento à polícia do Rio de Janeiro, entretanto, acredita-se que mais menores foram vítimas do influenciador. Ao G1, o DCAV explicou que os alvos do homem são crianças entre 10 a 14 anos, que fazem trabalhos recorrentes para o cinema, teatro e televisão. Nas redes sociais, o influenciador se identifica como uma espécie de mentor para novos talentos, dando dicas de como crescer no mercado e oferecendo acompanhamento profissional. "Após fatos noticiados por mãe de uma das vítimas que dirigiu-se à DCAV após ouvir relato de seu próprio filho dos abusos que sofrera desde o mês de fevereiro até meados de maio, outra vítima, também menor de doze anos, confirmou na sede da DCAV que também sofreu abusos e foram tantas as vezes que ambas não sabem ordenar cronologicamente de que maneira ocorreram", informou a delegacia à reportagem do G1. Adriano França, delegado à frente do caso, pediu a prisão preventiva de Raulzito, que deveria ter sido detido em São Caetano do Sul, São Paulo, mas não foi encontrado em casa. Após 14h, os policiais o encontraram em Florianópolis, Santa Catarina. As investigações correm em sigilo e buscam identificar se existem outras vítimas, relatou ainda a reportagem. O The Enemy entrou em contato com SBT Games, que em nota, afirmou ter rescindido com Raulzito, alegando que o mesmo era criador de conteúdo não exclusivo da plataforma. "O SBT informa que o youtuber Raulino de Oliveira Maciel, o 'Raulzito', não integra mais o quadro de streamers de SBT Games, do qual fez parte desde o início deste ano. Ele era produtor de conteúdo não exclusivo da plataforma, não tendo nesta condição direito algum em usar o nome da emissora em negociações fora das propriedades de SBT Games. O SBT aguarda a elucidação dos fatos e resultado da investigação, que resultou na prisão do youtuber na manhã desta terça-feira (27)”. Raulzito era parte do time de talentos do SBT Games e ficou conhecido principalmente pelas suas streams jogando Fortnite. Ele soma mais de 119 mil seguidores na Twitch e 208 mil no Instagram, além de 145 mil inscritos em seu canal no YouTube, onde além de gameplays, publica vários vídeos de desafios, a maioria com a participação de menores.