Rise of the Tomb Raider custou US$ 100 milhões para Microsoft - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

terça-feira, 31 de agosto de 2021

Rise of the Tomb Raider custou US$ 100 milhões para Microsoft

Aparentemente um preço foi colocado quando Rise of the Tomb Raider se tornou exclusivo para Xbox por um ano: e não é nada barato. Quando o jogo foi anunciado, em 2014, muitas pessoas ficaram surpresas com o fato do game ser exclusivo para consoles da Microsoft, mas depois descobriram que era apenas por um ano, e, depois desse tempo, o game recebeu uma versão para Playstation 4. Um usuário do Twitter chamado “Timur222” descobriu que, em seu perfil no LinkedIn, Fabien Rossini, que é atualmente CEO da CREY Games, diz ter trabalhado na Square Enix entre 2005 e 2019 em diferentes cargos. Na descrição desses cargos, Rossini menciona que o acordo feito entre a Square Enix e a Microsoft para a exclusividade de apenas um ano de Rise of the Tomb Raider tinha um valor de aproximadamente 100 milhões de dólares. Parece não ter sido um bom acordo para a Microsoft. Em 2014, quando o Playstation 4 estava reinando sobre o Xbox One e a Microsoft quase não tinha nenhum exclusivo, parece que eles usaram sua reserva de dinheiro para comprar a exclusividade do segundo título de Lara Croft. Parecia um esforço maior para alavancar as vendas visto que Uncharted 4 - exclusivo de Playstation - estava para ser lançado naquele ano. Esforço que não adiantou muito porque o jogo foi adiado para o próximo ano. E o acordo não pareceu funcionar muito bem, já que o jogo vendeu mal no Xbox e abaixo das expectativas quando finalmente apareceu no console da Sony um ano depois. Aparentemente pagar por exclusividade temporárias não funciona muito bem.