PF mira quadrilha de ex-deputado que adulterava aviões para o tráfico de drogas - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

quarta-feira, 20 de outubro de 2021

PF mira quadrilha de ex-deputado que adulterava aviões para o tráfico de drogas

Pilotos de avião e o ex-deputado estadual pelo Amapá, Isaac Alcolumbre, estão entre os presos da Operação Vikare, deflagrada pela PF (Polícia Federal) nesta quarta-feira (20), contra organização criminosa que atuava no tráfico internacional de drogas e esquema de lavagem de dinheiro. Em Mato Grosso do Sul, os mandados são cumpridos em Campo Grande, Paranhos e Aral Moreira.A operação conta com o apoio do Ministério Público Federal. Cerca de 300 policiais federais estão nas ruas para cumprir 24 mandados de prisão preventiva, além de 49 mandados de busca e apreensão, em cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Pará, Mato Grosso do Sul, Amazonas, Ceará e Piauí. No Amapá, foram cumpridos quatro mandados de busca e dois mandados de prisão preventiva, em empresas e duas residências localizadas em Macapá, também o aeródromo do ex-deputado Isaac. Investigação - Durante as investigações, foi apurado que o grupo utilizava o Estado do Amapá como base operacional para o tráfico de drogas, que era feito por aeronaves e distribuídas para diferentes pontos do País. A PF então chegou a uma grande e articulada organização criminosa com participação de brasileiros e estrangeiros, voltada à prática de diversos crimes, principalmente, tráfico internacional de drogas.Foi descoberto que havia uma rota que passava por países da América do Sul, principalmente, Colômbia e Venezuela, e tinha o estado do Amapá como uma de suas bases logísticas fundamentais, de onde as drogas partiriam para outras regiões do Brasil. Para mascarar o dinheiro ilegal, o grupo contava com empresas de “fachada” de outros Estados.