Senador Nelsinho Trad defende 5G para Campo Grande - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

segunda-feira, 29 de novembro de 2021

Senador Nelsinho Trad defende 5G para Campo Grande

O senador Nelsinho Trad (PSD/MS) esteve, na semana passada, com o ministro Fábio Faria e os secretários Artur Coimbra e Maximiliano Martinhão, para tratar da implantação sobre o 5G no Brasil. Durante a reunião no Palácio do Planalto, o parlamentar entregou ofícios da Prefeitura de Campo Grande e pediu que a capital sul-mato-grossense esteja entre as primeiras a receber a nova tecnologia ainda este ano. O parlamentar entregou ao ministro Fábio Faria e equipe ofícios encaminhados pelo presidente da Agetec, Paulo Fernando. "Expliquei ao ministro que Campo Grande já faz os últimos ajustes na legislação para receber o 5G. O diretor da Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação da cidade, a Agetec, me informou que a cidade vai seguir o modelo de minuta da Anatel e já conversou com as operadoras," disse o senador. Segundo um dos documentos, "o município de Campo Grande, desde 2020, vem realizando estratégias para a implementação da nova tecnologia, tendo regulado a matéria através do Decreto Municipal nº 14.304/2020, estabelecendo parâmetros que visem proporcionar conexões à internet mais velozes, com menor latência e que viabilizem maior densidade de dispositivos conectados.” O decreto prevê critérios urbanísticos e paisagísticos, possibilitando investimentos em tecnologias na capital. O material foi elaborado por um grupo técnico da Prefeitura de Campo Grande, escolhido pelo Prefeito Marquinhos Trad, e que será responsável pela implementação das medidas necessárias para a capital receber o 5G.O senador também reforçou outro pedido encaminhado pela Agência Municipal de Tecnologia. "Defendi a necessidade de incluir os distritos de Anhanduí e Rochedinho na mudança, que poderão ter melhor qualidade de sinal, o que é tão esperado pela população". Juntos, os distritos têm mais de cinco mil moradores e 18 unidades públicas, incluindo unidades de saúde e escolas, que atendem a 2.280 alunos. "O ministro se comprometeu a analisar nosso pedido com a equipe técnica. Aguardamos ansiosos esse avanço para nossa capital e seus distritos," informou o senador Nelsinho Trad. ASSECOM