Agricultores familiares são capacitados por pesquisadores da Embrapa - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

sexta-feira, 17 de dezembro de 2021

Agricultores familiares são capacitados por pesquisadores da Embrapa

Um circuito de capacitações para agricultura familiar foi realizado nos meses de novembro e dezembro de 2021, pela Embrapa Agropecuária Oeste, cujo os temas foram: bovinocultura de leite, cultivo de mandioca e horticultura. Para janeiro de 2022, está previsto um treinamento em sistemas agroflorestais. Os treinamentos foram no formato presencial, seguindo todas as recomendações do protocolo de biossegurança devido a Covid-19 e foram delimitados ao número máximo de 20 pessoas por curso. O chefe-geral da Embrapa Agropecuária Oeste, Harley Nonato de Oliveira, explica que “essas capacitações estavam planejadas para serem realizadas durante a Tecnofam em 2020, mas como o evento foi adiado para 2022, buscou-se uma forma de realizar esses treinamentos, de forma a levar esse conhecimento e tecnologia aos agricultores familiares”. Segundo o supervisor do Setor de Implementação da Programação de Transferência de Tecnologia (SIPT), Orismar Aparecido Espíndola da Silva, “essa iniciativa tem como objetivo capacitar pequenos produtores rurais da agricultura familiar e de comunidades indígenas, visando à melhoria da atividade agropecuária”, explicou. O supervisor informou ainda que os temas dos cursos foram definidos a partir de demandas das próprias comunidades. Dourados - Em Dourados, as capacitações sobre “Cultivo de Mandioca” (pesquisador Auro Akio Otsubo) e “Produção Sustentável de Maracujá” (pesquisador Ivo de Sá Motta), aconteceram na Embrapa Agropecuária Oeste e na Casa da Esperança. Ambas foram realizadas em 19 de novembro e teve como público agricultores familiares de Juti (MS), dos assentamentos Guanabara, Sebastião Rosa da Paz, Santa Clara II, além da aldeia Jarara. Os assuntos “Programa de aquisição de alimentos” (engenheiro agrônomo da Secaf, Anderson Souza de Almeida), “Cultura de Mandioca” (pesquisador Auro Akio Otsubo) e “Horticultura sustentável - aspectos básicos” (pesquisador Ivo de Sá Motta) foram o tema da capacitação realizada na Embrapa Agropecuária Oeste, em 25 de novembro, para os indígenas de Dourados, das aldeias Panambizinho, Jaguapiru e Bororó. Já no dia 30 de novembro, os produtores de leite de Dourados assistiram à capacitação sobre “Capim elefante BRS Capiaçu - Do plantio à abertura do silo” (pesquisadores Marciana Retore e Claudio Lazzarotto). Ponta Porã e Itaquiraí - Em Ponta Porã, os produtores de leite foram capacitados sobre “Capim elefante BRS Capiaçu - Do plantio à abertura do silo” (pesquisadores Marciana Retore e Claudio Lazzarotto), nos dias: 17 de novembro, no Assentamento Aba da Serra I; 23 de novembro, em Itaquiraí; 25 de novembro, no Assentamento Itamarati, respectivamente. No Assentamento Itamarati também foi abordado o tema “silagens de milho e milheto”. “Devido à grande demanda pelos produtores, em Itaquiraí, foi preciso realizar uma segunda capacitação, para atender produtores que não tinham sido contemplados na primeira capacitação. Assim, no dia 10 de dezembro, foi realizado treinamento voltado para a bovinocultura de leite, além de palestra sobre consórcio milho-braquiária”, acrescenta o chefe-adjunto de Transferência de Tecnologia da Embrapa Agropecuária Oeste, Auro Akio Otsubo. Iguatemi - No dia 9 de dezembro, pesquisadores da Embrapa Agropecuária Oeste visitaram produtores do assentamento Nossa Senhora Auxiliadora, onde além de realizarem capacitação sobre “Uso de forrageiras para bovinocultura de leite”, foi feita uma reavaliação da atual produção e do uso do capim BRS Capiaçu, pois essa comunidade já havia recebido mudas deste capim anteriormente, e já trabalham com essa variedade de capim elefante. O treinamento sobre “SAF – Sistemas Agroflorestais”, será realizada pelo pesquisador Milton Padovan”, no Assentamento Aba da Serra I, em Ponta Porã. Parceria - As capacitações contaram com o apoio do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar/MS); Sindicato Rural de Dourados/MS; Prefeituras Municipais de Dourados, Iguatemi, Itaquiraí, Juti e Ponta Porã; Agraer e da emenda parlamentar do deputado federal Vander Loubet. “Essas parcerias foram fundamentais para que as capacitações fossem realizadas e que novos temas fossem identificados de forma a viabilizar novos treinamentos”, finalizou Oliveira. Sílvia Zoche Borges DRT-MG 08223 Christiane Congro Comas Mtb-SC 00825/9 JP agropecuaria-oeste.imprensa@embrapa.br Telefone: (67) 9-9944-9224