Avanço do Saneamento e Conscientização são destaques na 10ª Prêmio Águas Guariroba de Jornalismo Ambiental - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

sexta-feira, 3 de dezembro de 2021

Avanço do Saneamento e Conscientização são destaques na 10ª Prêmio Águas Guariroba de Jornalismo Ambiental

A Águas Guariroba apresentou na noite de ontem (1) os finalistas da 9ª edição do Prêmio de Jornalismo Ambiental. Os troféus foram entregues para os autores dos trabalhos vencedores nas categorias: Webjornalismo, Radiojornalismo, Telejornalismo, Jornal Impresso, Fotojornalismo. Ao todo, 95 trabalhos foram inscritos na edição, que este ano foi celebrada em evento no restaurante Delírio Eat. O objetivo é valorizar e reconhecer a importância do trabalho do profissional de imprensa na difusão de conhecimento direcionados à sustentabilidade, saneamento e meio ambiente. O diretor-presidente da Águas Guariroba, Themis de Oliveira, abriu o prêmio dando boas vindas aos finalistas e destacando o trabalho realizado pelo jornalista em levar a informação técnica voltada ao meio ambiente e saneamento para a população informações, contribuindo para uma sociedade bem informada. “O prêmio é uma celebração sobre momento atual do saneamento e meio ambiente em Campo Grande. É também uma homenagem a todos os profissionais que têm esse importante trabalho de informar a população, trazendo trabalhos que avaliam todo o contexto do saneamento na Capital e os avanços na preservação do meio ambiente e qualidade de vida. A imprensa é a voz da sociedade, estando em todo lugar e levando a mensagem do saneamento para todos”, destacou o diretor-presidente. Este ano, a edição do Prêmio de Jornalismo também homenageou os profissionais da imprensa vítimas da COVID-19 em Campo Grande com a entrega de um troféu para familiares das vítimas e também para o Sindicato dos Jornalistas de Mato Grosso do Sul (SINDJOR/MS), representando os jornalistas que estiveram na frente de trabalho durante a pandemia. Finalistas Na categoria Rádiojornalismo as jornalistas Isabelly Melo, Giovanna Dauzacker e Rosana Siqueira da Rádio CBN, foram as vencedoras com a matéria “Nesta rua tinha um córrego: história das águas encaixotadas que correm sob Campo Grande”. “É uma sensação de missão cumprida depois de todo processo de produção para a inscrição da matéria no Prêmio. Nós três nos unimos para realizar este projeto, e vê-lo finalizado e conquistando a premiação foi uma grande felicidade”, disse Isabelly. Em telejornalismo, a matéria “Meio Ambiente – Agrônoma constrói Fossa Ecológica em casa para dar melhor uso aos recursos hídricos” dos jornalistas Antonielly Maciel e Michael Franco da TV Band MS foi a vencedora. “É uma alegria muito grande receber este prêmio, depois de um trabalho que foi realizado em plena pandemia com um grande suporte das assessorias e da produção, em especial do colega Michael Franco. Estou feliz de colaborar com a presença da TV Guanandi no Prêmio após sete anos sem participar de prêmio, e levando para dentro de casa a mensagem da conscientização voltada ao meio ambiente”, celebrou Antonielly. Os finalistas receberam certificado e um troféu durante a solenidade. Os primeiros colocados receberam prêmio de R$ 7 mil para primeira colocação e R$ 3 mil para a segunda colocação em cada categoria.