Preso atirador que matou homem na frente de criança - - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

sábado, 8 de janeiro de 2022

Preso atirador que matou homem na frente de criança -

Procurado por matar Renner dos Santos de Aquino, de 26 anos, com vários tiros na cabeça na noite de sábado, 1º de janeiro, no Bairro Nova Lima, em Campo Grande, um homem de 28 anos foi preso pela Polícia Militar na noite desta sexta-feira (07). Gleisson Rogers Araújo da Silveira estava hospedado em um motel na saída para Rochedo. - De acordo com as informações da Rotac (Rondas Ostensivas de Ações de Choque), a equipe recebeu denúncia de que o suspeito estaria em um motel no Jardim Panamá, onde se preparava para fugir para a cidade de Rio Negro, a 153 quilômetros da Capital. Os policiais foram até o motel e a recepcionista informou que o rapaz com as mesmas características informadas havia se hospedado a poucos minutos no local. A equipe entrou no quarto e localizou o suspeito, que acabou confessando a autoria do homicídio de Renner, afirmando que a arma utilizada estaria em sua residência, no Jardim Aero Rancho. Na casa do suspeito, dentro de um saco com roupas, foi localizada a arma de fogo calibre 38 e munições na gaveta do quarto. Também foram localizadas na residência, 20 porções de pasta base de cocaína e cinco de maconha. A droga foi encaminhada para a Denar (Delegacia Especializada em Repressão ao Narcotráfico). Gleisson foi levado para a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Cepol (Centro Integrado de Polícia Especializada), onde se encontra à disposição da Justiça. O crime - Renner foi executado com tiros na cabeça na noite de sábado, no Bairro Nova Lima. Ele havia passado o dia com parentes e estava indo embora em um Fiat Pálio, já durante a noite. Enquanto seguiam pela Rua Zulmira Borba, um motociclista parou ao lado do carro, desceu da moto e disparou vários tiros em direção à cabeça de Renner. Uma criança de dois anos de idade estava no veículo e presenciou o crime. Renner foi levado à UBS (Unidade Básica de Saúde), mas não resistiu. -