Após intensa articulação, Paulo Corrêa recebe de Reinaldo Azambuja projeto que regulamenta a Polícia Penal - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

quarta-feira, 23 de março de 2022

Após intensa articulação, Paulo Corrêa recebe de Reinaldo Azambuja projeto que regulamenta a Polícia Penal

Presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, o deputado estadual Paulo Corrêa (PSDB) recebeu das mãos do governador Reinaldo Azambuja, nesta quarta-feira (23), o projeto que regulamenta a carreira de policial penal. A transformação dos cargos de agentes penitenciários em policiais penais foi aprovada pela Casa de Leis em dezembro do ano passado, e promulgada por Paulo Corrêa no dia 08 do mesmo mês. Apesar de ter voto facultativo por comandar a Mesa Diretora, Corrêa fez questão de votar pela aprovação do projeto, tanto em primeira quanto em segunda votação Ao promulgar a medida, ele comemorou o reconhecimento dos profissionais como integrantes da segurança pública do Estado, destacando a importância deles para proteção dos cidadãos sul-mato-grossenses. “Uma questão de justiça. Foi um trabalho articulado pelo presidente do sindicato da categoria, de forma respeitosa, pela comissão de Segurança da Casa de Leis e todos os deputados, que sensibilizaram o governador Reinaldo Azambuja”, pontuou. Presidente do Sinsap, André Santiago agradeceu o apoio e liderança de Paulo Corrêa para que o sonho dos profissionais finalmente saísse do papel. “Quero agradecer ao deputado Paulo Corrêa, pela interlocução da emenda constitucional, tanto com o executivo, quanto com os senhores legisladores. Foram 14 anos de luta e, agora, o Estado dá mais um passo para o reconhecimento da categoria. Essa é uma vitória para nós. Um dia de comemoração”, afirmou Santiago. O deputado reforçou a atuação do sindicato e conquista de todos. “Agradeço ao Santiago pelas palavras e principalmente pelo respeito que nos demonstrou. E digo a todos vocês, que é uma vitória da Assembleia Legislativa, do governo do Estado e principalmente de toda a população. Podem contar com a Casa de Leis, sempre”, concluiu Corrêa. Texto: Maisse Cunha e Mariana Anjos / Assessoria Parlamentar Foto: Cyro Clemente / Assessoria Parlamentar