Com novo nome, “Aquário do Pantanal” abre as portas oficialmente no dia 28 - - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

quarta-feira, 23 de março de 2022

Com novo nome, “Aquário do Pantanal” abre as portas oficialmente no dia 28 -

A novela finalmente está chegando ao fim. Após visita na tarde desta terça-feira (22), juntamente com a comissão que acompanhou as obras, o o secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel, confirmou que inauguração do “Aquário do Pantanal” vai acontecer no dia 28 de março, próxima segunda-feira. - Inicialmente as portas serão abertas para a visitação apenas de alunos de escolas públicas. A abertura para a população em geral será a partir do mês de abril, ainda sem dia definido. "Terminamos uma jornada de obras para um novo momento. Está tudo pronto para abrir em abril, mas a partir de segunda já começa visitação das escolas", explicou Eduardo Riedel. -"Foi um desafio muito grande coordenar diversas frentes de trabalho simultaneamente e hoje viemos apresentar a conclusão desse projeto. Quando fui para a secretaria de obras fui com um propósito muito firme de terminar esse empreendimento e entregar", concluiu o secretário de obras. Além da tão esperada data de inauguração, o governo decidiu pela mudança do nome de “Aquário do Pantanal”, nome popular do Centro de Pesquisa e Readaptação da Ictiofauna Pantaneira, para “Bioparque Pantanal”. A nova "identidade" do empreendimento foi confirmada pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado Paulo Corrêa (PSDB). “Está tudo pronto, está lindo. Haverá um site para as pessoas se cadastrarem e fazerem a visita guiada. Após a inauguração já vai funcionar com capacidade para 300 pessoas por dia. Será um verdadeiro complexo, nosso Bioparque", garantiu o deputado. -Com a inauguração, o agora Bioparque Pantanal será o maior laboratório de peixes pantaneiros do mundo, com 150 tanques ativos que abrigam 220 espécies de peixes neotropicais: 151 espécies pantaneiras; 55 da Amazônia; 14 africanas e outras da Oceania, Ásia e América Central. -Ao custo final de R$ 230 milhões, o empreendimento contará com aproximadamente 19 mil m² de área construída, sendo 33 tanques, sendo 23 internos e oito externos, além de um tanque de abastecimento e outro de descarte de efluentes, totalizando um volume de 5 milhões de litros de água. Retomada - Em 8 de maio de 2019 a atual gestão estadual anunciou a retomada da obra do Aquário do Pantanal como parte do Programa “Obra Inacabada Zero”. A retomada da obra foi realizada em três fases: a primeira foi de levantamentos, a segunda de formalização dos memoriais descritivos relacionados aos serviços necessários à conclusão do aquário, envolvendo processos licitatórios, e a terceira de acompanhamento, fiscalização e gerenciamento de contratos, até a conclusão. Para melhor aproveitamento dos recursos públicos e ampliação da competitividade de empresas interessadas no empreendimento, o governo contratou todos os serviços na modalidade de licitação. - Ao todo, foram 13 frentes de trabalho contratadas para a conclusão do empreendimento, sendo: substituição dos vidros, cobertura metálica, revestimento de alumínio composto, impermeabilização, cenografia,  climatização, passarelas, construção civil, elétrica, automação predial, sistema de suporte à vida dos aquários e quarentena, bem como o PCMAT, serviço que garante a prevenção de acidentes e a integridade dos trabalhadores. Desde o anuncio da retomada das obras, um grupo composto por representantes do TJMS (Tribunal de Justiça de MS ), TCE (Tribunal de Contas do Estado), MPE (Ministério Público Estadual), OAB (Ordem dos Advogados do Brasil de MS) e PGE (Procuradoria Geral do Estado) acompanhou o andamento de todas as fases do projeto. -