Depois de nem mesmo os secretários acreditarem, Marquinhos confirma renúncia - - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

quinta-feira, 31 de março de 2022

Depois de nem mesmo os secretários acreditarem, Marquinhos confirma renúncia -

Depois de toda a dúvida entorno da renúncia do prefeito Marquinhos Trad (PSD) para disputar o governo do Estado nas eleições deste ano, acabou o suspense. Ele afirmou hoje (31) que entrega no protocolo da Câmara Municipal o pedido para deixar o cargo até a noite desta quinta-feira. - "Eu vou protocolar com efeito a partir do dia 2. Estou convicto de que a vice é preparada. E que a sequencia administrativa da cidade será a mesma", afirmou o ainda prefeito da Capital durante evento de prestação de contas da gestão na Casa de Leis. O ofício confirmando a saída deve ser publicado em edição extra do Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande), no sábado (2). Ainda não está marcado local para o anúncio oficial da renúncia. A expectativa é que faça um discurso ainda na parte da manhã de sábado, no gabinete do prefeito na Esplanada Ferroviária. Dentro da própria Prefeitura existia a dúvida. A própria equipe dele e parentes chegaram a duvidar ou pedir para que ele não renuncie. Mas Trad chegou a confirmar o anúncio no último fim de semana. Ele disse que assim que entregar a administração para a vice-prefeita Adriane Lopes (Patriotas), seguirá para seu escritório particular para começar a preparar a pré-campanha de sucessão estadual. Esta é a segunda vez que um integrante da família irá disputar o governo do Estado. O irmão dele, Nelsinho Trad (PSD), hoje senador disputou o governo em 2014 pelo MDB, mas ficou em terceiro lugar. Marquinhos tentará mudar a história neste ano. -