Paulo Corrêa trabalha para implantar centro de capacitação profissional no Pantanal da Nhecolândia - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

quinta-feira, 17 de março de 2022

Paulo Corrêa trabalha para implantar centro de capacitação profissional no Pantanal da Nhecolândia

O Pantanal sul-mato-grossense poderá ter um centro de referência para capacitação profissional e ensino regular. O assunto foi discutido nesta quinta-feira (17), na sede da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa), durante reunião que contou com a presença do presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul (ALEMS), deputado Paulo Corrêa (PSDB). O centro funcionará como escola com cursos de capacitação na área rural e com Ensino Fundamental e Ensino Médio na modalidade da Educação de Jovens e Adultos (EJA). “Nós viemos aqui ao Centro de Excelência, na sede da Embrapa, solicitar ao presidente da Famasul, Marcelo Bertoni, e ao superintendente do Senar [Serviço Nacional de Aprendizagem Rural], Lucas Galvan, a construção, no Leilão Novo Horizonte, ao lado da Fazenda Firme, no lugar conhecido como Embrapinha, um centro de referência para capacitação de profissionais que trabalham na área rural, para alfabetização e para o ensino do primeiro ao nono ano”, afirmou Paulo Corrêa. O presidente da ALEMS também informou que o Legislativo está empenhado na concretização do projeto. “O governador Reinaldo Azambuja já nos possibilitou o primeiro encontro com o secretário-adjunto de Educação, o Édio [Antônio Resende de Castro]. Ele se comprometeu a convocar professores”, disse Paulo Corrêa. O deputado detalhou que a capacitação rural ficará a cargo do Senar e os ensinos Fundamental e Médio será de responsabilidade da Secretaria de Estado de Educação (SES). A execução desse projeto educacional é sonho antigo na região do Pantanal, como enfatizou o deputado Paulo Corrêa. “Estamos trabalhando duro para realizar um sonho antigo que vai mudar a vida de muita gente que vive na região pantaneira e servir de exemplo para os demais estados brasileiros”, disse o parlamentar. Modernidade O centro de referência deverá ter ambientes para aulas teóricas e práticas, além de infraestrutura para ampliar o atendimento e o acesso dos pantaneiros ao conhecimento, à capacitação técnica, incentivando e valorizando as práticas, produções e culturas da região. A construção será na área cedida pelos proprietários da Fazenda Firme, no Pantanal da Nhecolândia. O local vai oferecer cursos técnicos na área do agronegócio para atender a demanda dos produtores locais, EJA para quem precisa concluir o Ensino Médio e Ensino Fundamental regular para crianças e adolescentes. “Esse projeto não seria possível sem o apoio de tantas pessoas comprometidas com o desenvolvimento, geração de emprego e renda em Mato Grosso do Sul, como o vice-presidente da FIEMS, José Roberto Faé, o presidente da Famasul, Marcelo Bertoni, o governador Reinaldo Azambuja, o secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel, o secretário adjunto de Educação, Édio Castro, o superintendente do Senar, Lucas Galvan, a amiga Caroline Bitencourt, proprietária da Fazenda Firme”, reconheceu o presidente da ALEMS. Texto: ASCOM / ALEMS Foto: Cyro Clemente / Assessoria Parlamentar