Policial fere namorada com tiro em motel da Capital - - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

terça-feira, 1 de março de 2022

Policial fere namorada com tiro em motel da Capital -

Policial civil atirou na namorada dentro de um motel localizado no Jardim Paulista, na noite desta segunda-feira (28), em Campo Grande. A mulher foi socorrida pelo próprio policial e levada para a Santa Casa, onde está internada em estado grave. A Polícia Civil apreendeu a arma e o veículo de Robson Corrêa do Canto, que afirmou ter atirado acidentalmente. - De acordo com as informações apuradas pela reportagem, Robson chegou no motel, na Rua Paulo Tognini, em um veículo Mitsubishi Outlander, por volta das 20h13, acompanhado da namorada, no banco da frente, e uma terceira pessoa atrás. Não foi possível, de acordo com testemunhas, identificar se essa terceira pessoa seria homem ou mulher. Cerca de 15 minutos depois de entrar no quarto, houve discussão e um disparo de arma de fogo. Em seguida, Robson saiu do local dizendo ser policial e que a arma havia disparado acidentalmente, atingindo a namorada. Aos funcionários, afirmou que a levaria para o hospital e foi acompanhado pelo segurança do motel. Após o disparo, nenhum funcionário localizou a terceira pessoa que ocupava o banco de trás do veículo. A Polícia Civil e Militar foram acionadas e no hospital, apreenderam a arma e o veículo de Robson. Equipe da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) esteve no motel, onde foi feita perícia no quarto. Havia manchas de sangue e a carteira do policial, localizada próxima da porta. A Deam encontrou uma cápsula deflagrada de pistola .40 e colheu impressões digitais. Também foi localizado um estojo de munição .40 e o celular da vítima no quarto. Robson foi levado até a Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário), onde já havia prestado esclarecimentos do ocorrido. Além da arma e veículo, o celular dele também foi apreendido. Segundo apurado, a vítima foi alvejada no abdome, sendo que a bala transfixou nas costas. Ela deu entrada na Santa Casa em estado gravíssimo, inconsciente.