Deixa Falar leva a melhor e é a campeã do Carnaval de Campo Grande - - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

segunda-feira, 25 de abril de 2022

Deixa Falar leva a melhor e é a campeã do Carnaval de Campo Grande -

Com enredo em homenagem ao continente africano, Deixa Falar levou a melhor e foi consagrada campeã do desfile das escolas de samba de Campo Grande deste ano, repetindo o feito de 2021 e 2018, anos em que também foi eleita a melhor do Carnaval da Capital. - O anúncio do resultado foi precedido de tumulto no teatro de arena do Horto Florestal, onde a apuração aconteceu, no entanto, assim que os ânimos se acalmaram, a Deixa Falar foi oficializada como a grande vencedora. O anúncio foi feito pelo presidente da Liga das Escolas de Samba de Campo Grande, Alan Catharineli. Presidente de honra, Salvador Dodero não segurou a emoção ao comentar sobre a vitória da escola do coração. “É algo muito forte e só de falar já vem a vontade de chorar. Ninguém sabe o sacrifício que é para por uma escola na avenida e a gente fez isso com muita luta”, afirmou. - Primeira escola a pisar na avenida no segundo dia de desfile deste ano, a Deixa Falar homenageou o continente africano. Com o samba enredo “Mo Jubá, a força de uma raça”, a escola mostrou aos presentes a nobreza, soberania, religiosidade e as heranças que o Brasil herdou do continente -A apresentação começou com uma alegoria que mostrou a força dos exus, seguida pelo casal de mestre-sala e porta-bandeira. A segunda alegoria foi o carro abre-alas em tributo aos orixás e decorado com o tigre símbolo da agremiação. Além do tributo aos ancestrais africanos, a escola prestou homenagem às pessoas que são importantes para o legado da Deixa Falar. Com o refrão "Deixa falar, amor sem fim. É a África que existe em mim", a escola preencheu o ambiente com cores vivas através das fantasias e alegorias inspiradas no ouro e marfim. A ala das baianas trouxe a energia do povo do mar e prestou honraria a Oxalá e Iemanjá, enquanto a sexta ala fez tributo as florestas através de Oxóssi, o rei das matas. O fundador da Deixa Falar foi um dos homenageados e convidados de honra da noite. Salvador Dodero, de 79 anos, desfilou durante os quarenta minutos de apresentação sem sair do ritmo.