Governo de MS repassa R$ 490 mil ao Costa Rica para a disputa do Campeonato Brasileiro de Futebol - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

quarta-feira, 13 de abril de 2022

Governo de MS repassa R$ 490 mil ao Costa Rica para a disputa do Campeonato Brasileiro de Futebol

O Governo do Estado repassou R$ 490 mil ao Costa Rica Esporte Clube para a disputa do Campeonato Brasileiro de Futebol Série D 2022. O termo de convênio foi assinado nesta quarta-feira (13), na Governadoria, pelo governador Reinaldo Azambuja, junto ao diretor-presidente da Fundação de Desporto e Lazer de Mato Grosso do Sul (Fundesporte), Silvio Lobo Filho. “Apoiar o Costa Rica na Série D demonstra nosso comprometimento com o time que, hoje defende, o nome de Mato Grosso do Sul”, afirmou Reinaldo Azambuja. “Esse investimento foi feito justamente para custear as despesas e fortalecer as estruturas do Costa Rica, para que eles possam ter um bom desempenho nesta competição nacional”, afirmou o governador. Segundo Reinaldo Azambuja, o investimento vem com grandes expectativas. “Agora estamos na série D, mas vamos torcer para irmos para a série C, B, e por que não sonharmos em voltar para os tempos de glória, com Mato Grosso do Sul na Série A? É para isso que a Fundesporte está colocando tantos recursos financeiros. Hoje, Costa Rica é Mato Grosso do Sul”, concluiu. Para o diretor-presidente da Fundesporte, Silvio Lobo Filho, o suporte ao futebol sul-mato-grossense vem de longa data. “O Governo do Estado anualmente investe no futebol profissional, destinando recursos aos clubes para a disputa do Estadual. Agora, estamos proporcionando condições financeiras para a participação nacional, para bem representar Mato Grosso do Sul lá fora”, destacou. “Queremos novamente que o futebol profissional do estado alcance novamente uma posição de destaque no país”, concluiu. André Baird, presidente do Costa Rica Esporte Clube, aproveitou a oportunidade para descrever como o investimento será utilizado. “O futebol precisa de estrutura para funcionar, e a Série D não é um campeonato barato. Vamos honrar o investimento, adquirindo material esportivo e fazendo novas contratações”. Para ele, o objetivo é ganhar espaço, abrindo as portas para os demais times sul-mato-grossenses. Participaram também da assinatura do termo de convênio o secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Rocha, e o prefeito municipal de Costa Rica, Cleverson Alves dos Santos. A competição Atual campeão estadual, é a primeira vez que o Costa Rica participa do campeonato. A Cobra do Norte estreia no domingo de Páscoa (17), diante do Ceilândia, do Distrito Federal, fora de casa, no Estádio Maria de Lourdes Abadia (Abadião). A bola rola a partir das 14 horas (horário de MS). A primeira partida em casa está prevista para 27 de abril, contra o Ação, de Mato Grosso, no Estádio Municipal Laerte Paes Coelho (Laertão), em Costa Rica. O time de Mato Grosso do Sul está no grupo A5, que também conta com Operário (MT), Anápolis (GO), Grêmio Anápolis (GO) e Iporá (GO). Ao todo, 64 clubes disputam a competição neste ano, divididos em oito grupos. De acordo com a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), a Série D será realizada de 17 de abril a 25 de novembro. Na primeira fase, os times jogam entre si, com duelos de ida e volta. Os quatro melhores de cada chave avançam ao “mata-mata”. As quartas de final, etapa que define os quatro clubes que serão promovidos à Série C, vão ocorrer de 20 e 27 de agosto. A final do campeonato será disputada nos dias 18 e 25 de setembro. O campeão será premiado pela CBF com R$ 320 mil e um automóvel, o vice-campeão receberá R$ 250 mil, além de automóvel. O terceiro colocado embolsará R$ 150 mil e o quarto, R$ 100 mil.