Idosos e trabalhadores da saúde devem se vacinar contra sarampo até fim do mês - - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

domingo, 17 de abril de 2022

Idosos e trabalhadores da saúde devem se vacinar contra sarampo até fim do mês -

Termina no dia 30 de abril a 1ª etapa da campanha nacional de vacinação contra sarampo no Brasil, quando são imunizados os trabalhadores da saúde e idosos com 60 anos ou mais. Na 2ª etapa, que começa dia 2 de maio e vai até 3 de junho. O público-alvo composto por 76,5 milhões de brasileiros Na 2ª etapa, entram os seguintes públicos: crianças com idade entre 6 meses e menores de 5 anos de idade, gestantes e puérperas, povos indígenas, professores, pessoas com comorbidades, com deficiência permanente, forças de segurança e militares da Forças Armadas, caminhoneiros e trabalhadores do transporte coletivo, trabalhadores portuários, funcionários do sistema prisional, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos e população carcerária. - No caso das crianças de seis meses a menores de 5 anos que já receberam ao menos uma dose da vacina Influenza ao longo da vida em anos anteriores, deve se considerar o esquema vacinal com a apenas uma dose em 2022. Já para as crianças que serão vacinadas pela primeira vez, a orientação é agendar a segunda dose da vacina contra gripe para 30 dias após a primeira dose. Contaminação - O sarampo é causado por um vírus altamente transmissível. A contaminação ocorre quando a pessoa doente tosse, fala, espirra ou respira próximo de outras pessoas. Outros sintomas da doença podem aparecer em torno de 3 a 5 dias, como manchas vermelhas no rosto e atrás das orelhas, que em seguida se espalham pelo corpo. Após o aparecimento das manchas, a persistência da febre é um sinal de alerta e pode indicar gravidade, principalmente em crianças menores de 5 anos de idade. Não existe tratamento específico para o sarampo. Os medicamentos são utilizados para reduzir o desconforto ocasionado pelos sintomas da doença. É importante não fazer uso de nenhum medicamento sem orientação médica e procurar o serviço de saúde mais próximo, caso apresente os sintomas. -