Psicóloga morre após ser atropelada por motociclista na frente de casa em MS - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

domingo, 3 de abril de 2022

Psicóloga morre após ser atropelada por motociclista na frente de casa em MS

A psicóloga Natalia Lima Parron, de 32 anos, morreu na madrugada deste domingo (03), após ser atropelada na frente de casa, em Dourados, a 210 quilômetros de Campo Grande. O acidente aconteceu na noite de sábado (02). De acordo com a Polícia Civil, Natalia atravessava a rua Eurides de Mattos Pedroso, bairro Cidade Jardim, quando foi atingida por uma motocicleta, Ela foi socorrida em estado grave para o Hospital da Vida, ficou na UTI, mas não resistiu aos ferimentos. A moto que atingiu Natalia era pilotada por um homem de 34 anos. Ele fez o teste de alcoolemia, que apontou 0,04 miligramas de álcool por litro de ar expelido dos pulmões. A quantidade de álcool apontada pelo teste de bafômetro não é considerada como crime de trânsito, conforme o Código de Trânsito Brasileiro, e sim infração. Neste caso, o motociclista é multado e perde pontos na habilitação. Segundo a Polícia Civil, o motociclista irá responder por homicídio culposo - quando não há intenção de matar - na direção de veículo automotor.