Terapeuta morre no hospital após sofrer queimaduras em restaurante - - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

segunda-feira, 11 de abril de 2022

Terapeuta morre no hospital após sofrer queimaduras em restaurante -

Depois de 23 dias internada no Hospital da Unimed, a terapeuta ocupacional Marise Lima, 42 anos, morreu por volta das 5h desta segunda-feira (11), após sofrer queimaduras de 1º, 2º e 3º graus no rosto, pescoço e peito. O caso aconteceu no dia 19 de março, no restaurante Linguiça de Maracaju, localizado na Rua Espírito Santo, na Vila Gomes, em Campo Grande. - Marise estava no estabelecimento com a filha de 6 anos e um amigo, quando o garçom foi acender o rechaud com álcool e houve a explosão. Ela foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital da Unimed, mas morreu após infecção por bactéria. O restaurante informou que funciona há 16 anos e nunca havia acontecido situação semelhante. "Estamos tratando como uma fatalidade. Nunca tinha ocorrido acidente neste sentido. O garçom fez o procedimento correto usado todos os dias. Na realidade, estamos todos consternados, abalados com tudo isso e à disposição da família." Marise era servidora do Humap (Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian) desde 2015. O velório da terapeuta está marcado para as 13h, na Pax Mundial, na Avenida Ernesto Geisel, em frente ao Horto Florestal. Nas redes sociais, amigos lamentaram a morte da terapeuta. "É assim que lembrarei de você pra sempre, minha amiga Marise Lima, com esse sorriso e com alegria.. Sua partida deixa um vazio", escreveu Camila Fregadolli Kawahata. "Que Deus conforte o coração dos que ficaram. A última notícia era de que ela havia melhorado, quando falaram que ela faleceu fiquei sem acreditar. Mas Deus sabe de todas as coisas", escreveu outra conhecida da terapeuta. -