Com Sérgio De Paula desfiliado, Reinaldo assume diretório do PSDB em MS na quarta-feira - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

terça-feira, 26 de julho de 2022

Com Sérgio De Paula desfiliado, Reinaldo assume diretório do PSDB em MS na quarta-feira

 O governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja, irá assumir na quarta-feira (27) a presidência do diretório regional do PSDB. A informação foi dada na tarde desta segunda-feira (25) pelo então presidente da sigla em MS, Sérgio de Paula, ao anunciar sua desfiliação do partido.

Na ocasião, De Paula, que também é secretário da Casa Civil, confirmou que estará envolvido com campanha política, "após o horário do expediente vou estar incansavelmente dentro da campanha do Eduardo Riedel".

Sobre a decisão de colocar Reinaldo à frente da sigla em MS, De Paula disse que foi tomada na semana passada. "Ele tem um peso politico maior, todo mundo foi unânime para colocar o governador na presidência".

Tribunal de Contas

Sérgio De Paula também falou sobre rumores de que estaria se desfiliando para seguir o mesmo caminho de outros tucanos como Waldir Neves, Márcio Monteiro, Flávio Kayat e Marisa Serrano, que assumiram cargo de conselheiros do TCE-MS (Tribunal de Contas de Mato Grosso do Sul). Ele negou e disse que assumir como conselheiro do TCE "não está em meus planos".

"Só Deus vai falar lá na frente. Não é essa a intenção e não é esse o processo. É um sonho de várias pessoas ser conselheiro do Tribunal de Contas, mas não tem essa fala nesse momento. Tenho a Casa Civil para tocar até o dia 31 de dezembro de 2022", declarou.

A próxima vaga deverá ser indicada pela Alems (Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul).

De Paula também falou sobre os próximos passos: "Sempre coloquei política em primeiro plano e a família em segundo", afirmando que irá 'desacelerar' para se envolver em questões pessoais.

Sérgio de Paula fora do PSDB

O secretário de Estado da Casa Civil pediu a desfiliação na última segunda-feira, 18 de julho, conforme consta dos autos do processo na Justiça Eleitoral. No dia seguinte, Corrêa assumiu a presidência do PSDB.

De Paula deixou o partido o qual presidia antes do fim do mandato, que iria até maio de 2023. Na sexta-feira (22), o juiz da 8ª Zona Eleitoral de Campo Grande, Luiz Felipe Medeiros Vieira, acolheu o pedido de desfiliação, decisão publicada hoje no DJEMS (Diário da Justiça Eleitoral).


POLÍTICA