Pré-candidatos mostram saídas para reviver setor cultural após crise na pandemia - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS - CANAL MS

LEIA TAMBÉM

Campo Grande (MS),

Post Top Ad

sábado, 16 de julho de 2022

Pré-candidatos mostram saídas para reviver setor cultural após crise na pandemia - CREDITO: CAMPO GRANDE NEWS

 Em Mato Grosso do Sul, a cultura tem previsão de investimento de R$ 19,2 milhões no ano de 2022. As fontes de recursos são administração estadual, o FIC (Fundo de Investimentos Culturais), emendas parlamentares e dinheiro federal oriundo da Lei Emergencial Aldir Blanc. -Para conter o impacto da pandemia, onde o isolamento social forçou a parada abrupta das atividades culturais, foram formatados dois projetos. De origem federal, a Lei Aldir Blanc destinou R$ 16,9 milhões, com 700 trabalhadores da cultura contemplados.


Em âmbito estadual, o programa MS Cultura Cidadã investiu mais R$ 1,7 milhão. O alcance foi de 970 trabalhadores.


Nas políticas públicas para o setor, desde 2019, o FIC já repassou R$ 19 milhões para mais de cem projetos culturais de Mato Grosso do Sul. - A cultura transmite valores, expressa tradições, transfere saberes e conhecimentos de geração a geração. Reconhecemos esta importância e incluímos entre as pautas mais importantes do nosso Programa de Governo, onde defendemos o resgate do Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural, valorizando os costumes de cada região. -